15 de janeiro de 2022

Rússia prende integrantes do grupo REvil

O Serviço Federal de Segurança (FSB) anunciou que interrompeu as atividades do grupo de hackers REvil, que realizava ataques usando ransomware.

Em junho de 2021, o FBI acusou o REvil de atacar a maior produtora de carnes do mundo, a empresa brasileira JBS, que pagou aos extorsionários 11 milhões de dólares. Em julho, o REvil foi vinculado a um ataque cibernético em larga escala que, segundo alguns relatos, afetou mais de mil empresas.

REvil foi chamado de grupo russo devido ao fato de que seus membros falam e escrevem em russo. Especialistas americanos presumiram que o grupo estava sob a proteção da inteligência russa ou do governo russo.