22 de março de 2022

Refugiados estão inundando a Varsóvia

Poucas semanas depois que a Rússia iniciou uma operação especial na Ucrânia, mais de 300.000 refugiados buscaram segurança na capital polonesa, uma cidade de cerca de 1,8 milhão de habitantes.

Agora, o prefeito de Varsóvia está alertando que a cidade está à beira do precipício por causa da quantidade de refugiados. Os hospitais estão se preparando. As moradias estão se tornando escassas. Os voluntários estão cansados. Autoridades municipais da capital, que acolheu o maior número de refugiados na Polônia e mais refugiados do que alguns países vizinhos, estão preocupados em como fazer tudo funcionar nas próximas semanas.