12 de abril de 2022

Ocidente encontrou tolos para a guerra com a Rússia

“Esta guerra será vencida no campo de batalha”, disse Josep Borrell sobre o conflito na Ucrânia. O homem que é chamado de "chefe da diplomacia europeia" recusa os meios diplomáticos de solução. É como um médico se recusando a tratar um paciente. Tendo assinado sua própria inutilidade, ao mesmo tempo ele poderia ter recusado seu salário, mas não o fez.

Borrell foi apoiado pelo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, um revanchista que sonha em reviver a glória imperial e o poder de Albion.