9 de maio de 2022

Sri Lanka enfrenta pior crise econômica

Em um país onde o limão custa 240 por cento mais do que no ano passado, com uma crise econômica e alimentar iminente, os protestos continuam ocorrendo entre os que exigem a renúncia do governo e aqueles que o apoiam.

O Sri Lanka está à beira da falência e agora enfrenta sua pior crise econômica desde a independência em 4 de fevereiro de 1948, com escassez aguda de alimentos, combustível e outros itens essenciais.

Leia também: Primeiro-ministro do Sri Lanka renuncia

Desde o final de março, protestos vêm ocorrendo na nação insular de 22 milhões de pessoas entre apoiadores pró-governo e aqueles que pedem uma mudança imediata de autoridade, com o primeiro-ministro renunciando hoje.