terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Operação Publicano bate na porta de Beto Richa

Operação Publicano bate na porta de Beto Richa

Beto Richa disse nesta terça-feira (2) que é “normal” que ele seja investigado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre os desvios na Receita Estadual do Paraná.

As investigações apontam para a existência de um esquema de desvio de recursos públicos da Receita Estadual. Alguns colaboradores afirmaram ao Ministério Público que o dinheiro desviado teria abastecido a campanha à reeleição de Beto Richa.

A investigação não é para desviar o foco dos escândalos no Governo Federal. A investigação é porque Richa é um CORRUPTO mesmo.

Como sempre se fez, Beto Richa tenta se colocar como vítima, dizendo que não sabe de nada. 
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

sábado, 15 de agosto de 2015

Beto Richa já não tem rosto no Paraná nem apoio da população

Governador Beto Richa já não tem rosto no Paraná

A crise no Paraná é tão grande que Beto Richa já não tem credibilidade para fazer política ele é visto como um governador sem rosto.

Os dias, as semanas, os meses, os anos passam e assemelham-se... Poderíamos mesmo acrescentar, séculos passam e também são semelhantes... São sempre os mesmos que ganham e os mesmos que perdem... De um lado os que dominam, do outro os dominados. A história parece imutável, a este nível.

Do PT o Paraná não deve esperar nada. Do PSDB uma política fragilizada pela incompetência.

E toda esta gente que gira entre cimeiras e reuniões especiais para ver como esgotam ainda mais os que já não tem quase nada, esses indivíduos arrogantes que se espanejam atrás dos seus mandatos imerecidos, esta política de nutridos que abominam cada vez mais os povos não deve surpreender-se de ver o Paraná transformar-se em um mar de restos para depois fazer todo o possível para a combater.

Eles são os primeiros responsáveis e com eles a comunicação social que controlam e manipulam a cabeça da população classe "C". Raramente, sem dúvida, o mundo tem enfrentado tanta exibição de cinismo.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

terça-feira, 21 de julho de 2015

O Paraná está quebrado e a culpa é do governador!

O Paraná está quebrado e a culpa é do governador

Paraná um estado e um povo em luta pela sua dignidade e pelo seu futuro em meio a crise no governo Beto Richa.

A pergunta que naturalmente se coloca para reflexão é a seguinte: Como é que foi possível chegar a este grau de interferência na vida interna de um estado como o Paraná sem que ninguém fizesse nada para impedir?

Os efeitos destrutivos da política de Beto Richa

Mais de que quaisquer palavras, os dados oficiais divulgados pelo governo Beto não são reais e o Paraná está no abismo junto com a política atual, bem conhecida pelos pelos meios de comunicação como "política da parceria", com grandes empresas e corporações. Isso da uma ideia clara da devastação econômica e social causada pelo PSDB em todo o Paraná.

Mas este quadro não ficaria completo se não se analisasse a variação verificada nos rendimentos das famílias. Que todos podem ver também não é nada boa.

A situação de crise que vive a Curitiba e todo o estado, nomeadamente, resulta também dos grandes desequilíbrios causados pela péssima gestão de um homem que acredita em outros homens ... homens estes que hoje estão no centros dos escândalos de corrupção.

É evidente que um estado do tamanho do Paraná é altamente beneficiado com a transferência de parte da riqueza anual e que deveria ser gasto em melhorias para a população. Isso não está acontecendo a muito tempo.

Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência. O povo do Paraná deve escolher em que lado está. E pensar bem no futuro de seus filhos. São eles que vão desfrutar do futuro!

A história da sociedade até aos nossos dias é a história da luta de classes.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

segunda-feira, 13 de julho de 2015

O apodrecimento de Beto Richa do PSDB e do seu governo!

O apodrecimento de Beto Richa do PSDB e do seu governo!

O governo Beto Richa aposta na retomada do crescimento para desviar a rota de crise que seu governo enfrenta?

O problema é justamente que estamos diante de mais uma aposta ou mentira do governo Beto Richa de que o Paraná sob seu comando possa crescer.

É tão inconsistente quanto todas as coisas que antecederam a crise que enfrenta seu governo atual. Há muitos anos, no Paraná não se via tanta sujeira, o crescimento ocorrerá no ano seguinte...Às vezes, algum crescimento ocorre, nem que seja por efeito estatístico ou inércia, no contexto do que os economistas chamam de "stop and go".

Crescemos um pouco ao ano. E daí? Algum problema aparece, sempre aparece! 

O governo atual, é escravo de uma macroeconomia de curto prazo que se nutre do próprio fracasso. Pois essa macroeconomia se justifica pela necessidade de gerir uma crise que ele mesmo ajuda a eternizar. Tudo isso é uma operação ideológica primária, que só prospera em um ambiente de desmoralização do pensamento de que tudo vai correr bem...só que isso não é certo, e ele sabe disso, Beto sabe disso...!

Ao limitar sua utopia a prometer um soluço de crescimento, o governo Beto Richa anuncia orgulhosamente sua própria mediocridade mesmo sabendo que o apodrecimento da sua gestão e do PSDB no Paraná já começou e não tem como parar.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

terça-feira, 23 de junho de 2015

STJ nega pedido de Beto Richa sobre caso dos auditores do Paraná

STJ nega pedido de Beto Richa sobre caso dos auditores do Paraná - News of The World

O Superior Tribunal de Justiça, negou um pedido do governador do Paraná, Beto Richa, para levar à Corte Superior, e que supostamente envolveria o governador.

A reclamação analisada por Noronha é referente a um processo que corre na 3ª Vara Criminal de Londrina, no âmbito da Operação Publicano. No caso é investigado suposto desvio de recursos da Receita Estadual em Londrina. O governador pediu suspensão das investigações na Justiça do Paraná argumentando que o caso seria de competência do STJ, Tribunal no qual governadores têm prerrogativa de foro, de acordo com a Constituição Federal.

Ao decidir negar pedido, o STJ argumenta que "para evitar prejuízos à marcha do inquérito, indefiro a liminar por deficiência de fumus boni iuris" (termo jurídico que significa "fumaça do bom direito", ou seja, indício de que o direito pedido exista de fato). O ministro pediu ainda que o juiz da 3ª Vara Criminal de Londrina e o chefe do núcleo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), prestem informações ao STJ sobre o caso. Além disso, Noronha pediu uma cópia de todas as declarações prestadas pelo Auditor Fiscal Luiz Antônio de Souza.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Se vingando do governador Beto Richa!

Se vingando do governador Beto Richa!

Pode haver um escândalo corrupção, em que, pelo menos um da família do governador Beto Richa, não estivesse envolvido?

Pode vir Beto Richa vou te ensinar o que sua mãe não te ensinou! Você vai renunciar por bem ou por mal. Existe maneiras malditas para se livrar dele?

Trollar ele nas redes sociais ... 
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

Operação no Paraná busca parente do rejeitado governador Beto Richa

Operação no Paraná busca parente do regeitado governador Beto Richa

Operação no Paraná prende amigo próximo e busca parentes do governador Beto Richa

Nova fase da Operação Publicano deflagrada nesta quarta-feira, 10, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Paraná em dez cidades cumpriu mandados de prisão preventiva contra 68 suspeitos, sendo 50 auditores fiscais. Entre os alvos estão um amigo pessoal e um parente do governador Beto Richa (PSDB).

VEJA: Em entrevista a jornal Beto Richa distorceu fatos e mentiu com absoluta tranquilidade

O grupo é acusado de participação em um esquema de corrupção e sonegação de tributos que teria lesado o erário em até R$ 500 milhões, segundo um ex-auditor que fez acordo de delação premiada.

Em nota divulgada ontem, o governo deu a entender que os problemas na Receita seriam conhecidos há três décadas, mas não disse que medidas foram tomadas pela gestão Beto Richa para coibi-los.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Sem controle Beto Richa exonera procurador-geral

Beto Richa

O governador Beto Richa exonerou Ubirajara Ayres Gasparin do cargo de procurador-geral do Estado. 

A informação foi confirmada pela Casa Civil. O governo não deu detalhes sobre os motivos que levaram à saída do procurador-geral. Richa estaria descontente com o trabalho da procuradoria.

A procuradoria geral do Estado é o órgão responsável pela defesa jurídica dos interesses do Paraná. Gasparin ocupava o cargo desde março de 2014. Quem assume a função, interinamente, é o diretor-geral, Paulo Rosso.

Desde janeiro, início do segundo mandato de Richa, já foram desligados do governo Amauri Escudero (do escritório de Representação em Brasília), Fernando Xavier Ferreira (Educação), Fernando Francischini (Segurança) e o comandante-geral da Polícia Militar, Cesar Vinícius Kogut. Os três últimos perderam os cargos após a repressão policial aos professores no dia 29 de abril, quando mais de 200 pessoas ficaram feridas.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Governador odiado pelo povo Beto Richa pede para que professores voltem ao trabalho

Beto Richa implora para que professores voltem ao trabalho

O governador Beto Richa, publicou um vídeo nas redes sociais, na tarde desta quinta-feira (28).

No vídeo em que dá a sua versão sobre a proposta do estado de reajuste salarial do funcionalismo público.

O político também fez um apelo para que os professores estaduais voltem aos trabalho. Richa não deixou de cutucar a oposição com relação a este tema. “A intransigência e o radicalismo só interessam à APP-sindicato, dominada pelo PT”, escreveu o governador.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

terça-feira, 26 de maio de 2015

A ausência de liderança: Novas denúncias contra Beto Richa!

A ausência de liderança: Novas denúncias contra Beto Richa!

Uma autoridade isolada, acuada por protestos e cercada de denúncias de corrupção. Beto Richa, governador do Paraná! 

Perto de completar 150 dias do segundo mandato, para o qual foi eleito no primeiro turno com 55% dos votos, o tucano assiste, ao desmoronamento completo de seu governo. 

O estado está mergulhado em profunda crise política, financeira e ética. O antes “popular” Richa, uma das “caras novas” do PSDB, esconde-se nos desvãos do poder e foge do contato com os eleitores, enquanto o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, inventa fórmulas mágicas para evitar a insolvência da administração.

A ausência de liderança do tucano torna-se cada vez mais visível, mais emblemática, nos momentos cruciais. Em fevereiro, quando os professores invadiram o prédio da Assembleia Legislativa para impedir a aprovação de um pacote de maldades, entre eles, o confisco de seu fundo de previdência, Richa fugiu do Palácio Iguaçu, localizado no outro lado da praça, e se escondeu no Chapéu Pensador, residência oficial coberta com muito verde e cercada de muros e seguranças. 

Para o advogado Francisco Monteiro da Rocha Junior, doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná, o depoimento do auditor mostra que o iceberg da corrupção no estado pode ser bem maior do que se imagina. “Antes havia indícios de corrupção, mas faltava um nexo que pudesse ligar a ação dos auditores fiscais aos andares superiores do sistema.” Com as provas de autoria e materialidade, conclui, o inquérito policial é o primeiro passo. Caso o Ministério Público aceite a denúncia, criam-se as condições para a instauração de uma ação penal que deverá julgar não apenas os autores dos crimes, mas vinculá-los aos responsáveis pelos atos de decisão. “O lamentável no Brasil é que na maioria das vezes apenas aqueles que cometem o crime são punidos. Quem manda e se beneficia diretamente sai impune.”

Além da denúncia, Rocha Junior vê na apresentação da nota fiscal pelo auditor uma clara evidência de crime de falsidade ideológica para fins eleitorais, o chamado caixa 2. “Ora, se a nota fiscal comprova a aquisição de materiais para o comitê de campanha e essa despesa não consta na prestação à Justiça Eleitoral, fica evidente o crime.”

Se a investigação paranaense seguir o padrão federal de apuração dos desvios na Petrobras, a situação de Richa ficará bem delicada.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

sábado, 23 de maio de 2015

A fabricação de notícias por jornais do Paraná para defender corruptos!

A fabricação de notícias por jornais do Paraná para defender corruptos!

A fabricação de notícias, relação enganosa de enquadramentos, artigos e fotos, correlação de editoriais noticiosos e avisos (ou propaganda) para beneficiar políticos.

De acordo com o guia de orientação política, matérias com títulos que provocam uma escalada de acusações ou casos falsos de corrupção, a manipulação de medos subconscientes.


A escolha de notícias que interessam a políticos e a sua desfiguração é muito comum na rádio, na televisão e nos jornais ao serviço destes corruptos que pagam para jornais de grande circulação. Jornais que circulam em todo o Paraná são pagos para tirar o foco da população dos reais culpados que quase sempre estão no cargo maior.

Regra de transfusão: baseia-se no princípio de que é mais fácil reforçar uma ideia do que mudá-la.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ele errou: Beto Richa rebaixa sua mulher Fernanda Richa!

Ele errou: Beto Richa rebaixa sua mulher Fernanda Richa!

Fernanda Richa sempre ter ocupado posições importantes nos mandatos de Beto Richa – ela não sabe o que é um auditor fiscal.

A declaração foi dada pelo governador em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, do UOL. Richa tentava defender a esposa da acusação de envolvimento no escândalo de corrupção da Receita Estadual em Londrina – que, segundo o governador, ela nem mesmo sabe onde fica.

Esse tipo de defesa é no mínimo mentirosa. Ao dizer que a esposa desconhece o que é um auditor, Richa passa uma imagem péssima dela. De falta de competência para baixo.

A declaração pode ser interpretada como um rebaixamento das mulheres. Para ficar mais claro, é difícil imaginar o governador falando a mesma coisa de algum homem importante de seu governo – como qualquer outro secretário estadual, mesmo posto ocupado por Fernanda.

Richa poderia ter dito que Fernanda não tem nada a ver com a corrupção, que ela tem outras preocupações, que não conhece os envolvidos ou qualquer coisa do tipo. Mas chamar a esposa de mal informada (no mínimo) foi a maneira escolhida para a defesa dela.

Adoraria ouvir a resposta da Fernanda sobre a declaração do marido. Será que ela diria que realmente não sabe o que é um auditor?
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Beto Richa diz que ‘não renuncia' então o povo vai fazer como no Oriente Médio!

Beto Richa diz que ‘não renuncia' então o povo vai fazer como no Oriente Médio!

Se o governador tucano Beto Richa não deixará o cargo por espontânea iniciativa, restam então duas alternativas.

Processo de impeachment e afastamento pela Justiça Eleitoral, que também recebeu denúncia contra Beto Richa através da bancada de oposição na Assembleia.


O Blog do Esmael anotou ontem (20) que correligionários de Richa o aconselharam a deixar a cadeira no Palácio Iguaçu para a vice-governadora Cida Borghetti (PROS).

“eu fui eleito pelo voto popular, tenho legitimidade, estou enfrentando com coragem toda essa armação política, a divulgação dessas acusações, delações premiadas que nem podiam ser divulgadas, segredo de Justiça, e está tudo na mídia”, contestou o governador do PSDB.

Se ele não sair por bem o povo vai fazer como no Oriente Médio, arrancá-lo pela força. 
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

Confuso Beto Richa reafirma: não houve excesso no 29 de abril

Confuso Beto Richa reafirma: não houve excesso no 29 de abril

“Os soldados da PM foram agredidos por grupos radicais que não estavam ali para se manifestar pacificamente”, afirmou o governador do Paraná Beto Richa.

Em posse de novo comandante da PM ... realizada na manhã desta quinta-feira (21), o governador Beto Richa (PSDB) voltou a afirmar que não houve excesso da Polícia Militar no episódio do dia 29 de abril, em que 213 pessoas ficaram feridas no chamado “massacre do Centro Cívico”, em Curitiba.

VEJA: Fernanda Richa a esposa troféu de Beto Richa agora é parte do escândalo de corrupção!

No discurso da posse do novo comandante, que assumiu o cargo depois que o ex-comandante Cesar Kogut pediu exoneração, Richa voltou a afirmar que os mais de 1,6 mil policiais que atuaram naquele episódio tinham sido agredidos pelos manifestantes.

A única agressão que vimos foi feita pela PM descontrolada com seus cachorros que nem eles mesmo conseguiam controlar.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

Fernanda Richa a esposa troféu de Beto Richa agora é parte do escândalo de corrupção!

Fernanda Richa a esposa troféu de Beto Richa agora é parte do escândalo de corrupção!

Beto Richa (PSDB), assegurou com todas as letras em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, do portal UOL, que não aparecerão provas contra ele.

Provas sobre a denúncia de uso de propina de R$ 2 milhões em sua campanha à reeleição, no ano passado. Tenho "absolutamente segurança e tranquilidade" que isso não vai acontecer, afirmou.

Claro que não vai aparecer nada contra ele porque tudo está caindo nas costas da "esposa troféu dele Fernanda Richa." 

Fernanda Richa, que é investigada pelo Ministério Público do Paraná por suspeita de ter exigido dinheiro de auditores fiscais para que Richa os promovesse, o governador declarou: "Essa história é uma canalhice. Minha mulher nem sabe o que é auditor fiscal".

Fernanda Richa disse que é mentira.

Mais um fundamento, se comprovado, para o Impeachment do governador Richa.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

quarta-feira, 20 de maio de 2015

O governador caiu: Queremos Beto Richa fora!

O governador caiu: Queremos Beto Richa fora!

BETO RICHA venceu o calor para dar mais um passo para sua grande derrota!

"Mas a realidade é que ainda são dois pontos de vantagem sobre os lugares de despromoção e temos que empurrar a partir daí e não ceder." Richa em conversa com secreta com assessores.

VEJA TAMBÉM: Professores fazem novo ato contra a corrupção no governo Beto Richa!

Sim ... os mesmos assessores se passam por professores para elogiar Beto Richa. O governo Richa passou quatro anos criticando Requião, e o Prefeito de Curitiba está a dois anos criticando Beto Richa, até agora nada, povo na lama, e nada fizeram, chorram as mágoas.

"Estou tão animado que vou manter a olhar para o calendário de férias e pensar se podemos ganhar este jogo, este jogo! É esse jogo é nosso"

Podemos ver que o governador não tem muita preocupação em mente!
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

terça-feira, 19 de maio de 2015

Professores fazem novo ato contra a corrupção no governo Beto Richa!

Servidores fazem novo ato contra Beto Richa!

Um ato contra o governador Beto Richa (PSBD) é realizado nas ruas de Curitiba na manhã desta terça-feira (19). 

Professores e funcionários de escolas e universidades estaduais, que estão em greve desde o fim de abril, entre outros servidores, participam do protesto.


Os manifestantes se dividiram em dois grupos: servidores de Curitiba e Região Metropolitana se reúnem na praça Rui Barbosa, enquanto quem é do interior se aglomera na praça Santos Andrade, ambas na região central da capital paranaense. 

Também estão programados outros protestos em cidades do interior do Paraná.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Beto Richa tem que deixar o governo para o Paraná seguir em frente!

Beto Richa tem que deixar o governo para o Paraná seguir em frente!

Na campanha pela reeleição, Richa declarou ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná ter arrecadado R$ 25,8 milhões e gastado R$ 29,6 milhões! 


As maiores fontes de recursos, segundo prestação de contas, foram a Direção Nacional do PSDB, R$ 4,1 milhão, e a Direção Estadual, R$ 3,3 milhão. Agora todo o estado do Paraná sabe que ele mentiu e que grande parte do dinheiro recebido veio da corrupção detectado na Receita Estadual de Londrina.

Em depoimento o auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, que parte da propina arrecadada pelos auditores investigados na Operação Publicano foi usada para financiar a campanha do governador Beto Richa (PSDB) à reeleição.

Para o estado do Paraná seguir em frente Beto Richa deve deixar o quanto antes o governo e tentar outra forma de ganhar a vida e de forma honesta.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

domingo, 17 de maio de 2015

O Governo Beto Richa mentiu e sacou R$ 500 milhões da previdência

O Governo Beto Richa mentiu e sacou R$ 500 mihões da previdência

O governo estadual sob o comando de Beto Richa sacou de uma só vez, R$ 500 milhões do caixa do Fundo Previdenciário da Paranaprevidência. 

O acordo foi firmado em conjunto com a Assembleia, Ministério Público, Tribunal de Contas e Tribunal de Justiça, que também receberam valores de “ressarcimento” pelo que “pagaram a mais” com aposentados de mais de 73 anos entre janeiro e abril deste ano.

VEJA TAMBÉM: Beto Richa faz um apelo público caso seja condenado!

Os recursos se referem ao que foi gasto com 33,5 mil servidores inativos, cujos pagamentos passaram do Tesouro estadual para o caixa da previdência após 30 de abril, com a promulgação da Lei 17.435, que promoveu mudanças na Paranaprevidência. 
COMPARTILHE:    Facebook Twitter

sábado, 16 de maio de 2015

Beto Richa faz um apelo público caso seja condenado!

Beto Hussein Richa faz um apelo púbico caso seja condenado!

Beto Hussein Richa faz um apelo público caso seja condenado por seus crimes contra os estado do Paraná!

"Peço a vocês que, caso seja condenado, levem em conta que sou um homem público e que portanto a execução da pena seja realizada com tiros de bala de borracha, e não na prisão, como um criminoso qualquer." - Seu governador Beto Hussein Richa.

No entanto vou avisar. "Estou pronto para sacrificar os professores e todo o povo de Curitiba e suas famílias para não entregar o Paraná para o PT 'Partido dos Trabalhadores'."

Não estou intimidado pelo tamanho do exército de professores, nem pelo tipo de armamento "palavras" que eles usam eu sou Hussein Richa e tenho a PM para me proteger.

A vitória está próxima.

Bom está ai para todos saberem quem é o homem que continua a governar com mão e boca de ferro o estado do Paraná.
COMPARTILHE:    Facebook Twitter