RECEBA ATUALIZAÇÕES: ASSINE A NEWSLETTER

quinta-feira, 30 de março de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Cunha é condenado a 15 anos de prisão

Moro condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão

O juiz federal Sérgio Moro condenou nesta quinta-feira, 30, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) por crimes de corrupção, de lavagem e de evasão fraudulenta de divisas, 15 anos e 4 meses de prisão. O peemedebista foi condenado em ação penal sobre propinas na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobrás, em 2011.


COMPARTILHE:

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Lula aumentou seu patrimônio em 360 por cento...

Lula - MichellHilton.com

O patrimônio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumentou 360 por cento, em valores nominais, depois do fim de seu segundo mandato como presidente da República, em 2010, com a renda obtida com sua empresa de palestras, a L.I.L.S. As informações, segundo a edição desta sexta-feira do jornal Folha de S. Paulo, foram prestadas pelo petista nas declarações de Imposto de Renda que integram a denúncia apresentada contra ele na última quarta-feira, no âmbito da Operação Lava Jato.

Lula tinha patrimônio de 1,9 milhão de reais até 31 de dezembro de 2010. Em 2015, o valor total de seus bens era de aproximadamente 8,8 milhões de reais – aumento de 6,9 milhões de reais. 

Os promotores na quarta-feira apresentaram acusações contra Lula e sua esposa, Marisa Letícia.

Lula, 70, serviu como presidente de 2003-2010.

COMPARTILHE:

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Principais líderes da China são identificados no Panama Papers

Principais líderes da China são identificados no Panama Papers

Pelo menos três das sete pessoas no comitê mais poderoso do Partido Comunista Chinês, incluindo o presidente Xi Jinping, têm parentes que já controlaram empresas offshore secretas.

As informações divulgadas pela organização, o Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, arriscou um novo e embaraçoso relatório envolvendo o nome dos principais líderes chineses.

Censores do governo chinês tem se movido agressivamente desde a primeira liberação de documentos que vazaram no domingo para purgar menção por quaisquer meios de comunicação na China, indo tão longe como bloqueando pesquisas na Internet e discussões online que envolvem as palavras "Panama Papers."

Os documentos, que vazaram do Mossack Fonseca, uma empresa panamenha especializada na criação de paraísos fiscais e corporações secretas para clientes ricos, têm sacudido líderes políticos e outras figuras poderosas em todo o mundo.

As informações tornadas públicas pelo consórcio na quarta-feira incluiu material do Comité do Politburo do Partido Comunista Permanente, o grupo de sete membros, todos os homens, que detém o poder supremo no país.


    COMPARTILHE: