terça-feira, 19 de junho de 2018

quinta-feira, 7 de junho de 2018

terça-feira, 29 de maio de 2018

Os EUA devem anunciar nas próximas semanas uma lista de importações chinesas que estarão sujeitas a tarifas de 25 por cento, bem como restrições e controles de investimentos na China.

A China colocou um homem no espaço em 2003.

A China lançou um laboratório espacial em 2011.

O supercomputador chinês foi classificado como número 1 na lista Top500, superando os EUA por 6 vezes consecutivas até agora.

A China tem um forte programa nuclear.

A China possui o maior sistema ferroviário de alta velocidade do mundo. O design e desenvolvimento do sistema é nativo da China.

A China é o líder mundial em comunicação quântica.

Às vezes, o Vale do Silício copia a China.

A China é também o maior exportador mundial de telefones inteligentes, incluindo iPhones.

China construiu a ponte mais longa do mundo (mais de 164 quilômetros).

DJI é a maior fabricante mundial de drones.

Alibaba é a maior plataforma de comércio eletrônico do mundo.

É incrível como os EUA ainda consegue atingir a China!

quinta-feira, 24 de maio de 2018

terça-feira, 22 de maio de 2018

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Os EUA buscarão um novo tratado internacional com o Irã para restabelecer os laços diplomáticos e retirar todas as sanções, mas Teerã terá que desistir de seus "comportamentos malignos", disse o secretário de Estado Mike Pompeo.

Os EUA exigiriam uma dúzia de concessões para garantir tal tratado, incluindo a retirada do Irã da Síria e do Iêmen, admitindo o verdadeiro alcance de seu antigo programa nuclear, libertando reféns americanos, aliados e interrompendo o desenvolvimento de mísseis com capacidade nuclear.

"Um tratado é o nosso caminho preferido", disse Pompeo.

Pompeo descreveu as exigências dos EUA como "requisitos muito básicos" que não eram "irracionais". Mas os analistas disseram que "exigências" são tão abrangentes que seria difícil, se não impossível, para o regime de Teerã concordar com elas.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Os EUA deram um passo no sentido de tirar o Irã da economia global, impondo sanções a uma rede de financiamento iraniana.

Os EUA deram um passo no sentido de tirar o Irã da economia global, impondo sanções a uma rede de financiamento e acusando o Banco Central do país de ajudar a canalizar dólares à Força Quds, o grupo de elite da Guarda Revolucionária iraniana.

Atuando em conjunto com os Emirados Árabes Unidos, o Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções a várias empresas iranianas, indivíduos e funcionários que afirmam estar operando uma rede de câmbio ilegal nos Emirados Árabes Unidos.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Irã precisa de dólares

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Donald Trump

Uma aliança não é um grupo de países perseguirem seus interesses individuais sem consideração pelos interesses dos outros aliados. Uma aliança só funciona quando cada país modera sua busca de seus interesses em benefício de seus aliados. Nenhum país em uma aliança eficaz obtém tudo o que quer, mas todos os países em uma aliança eficaz obtêm a maior parte do que desejam.

Trump também entende mal o que é liderança em uma aliança. Liderar uma aliança não é ditar termos e exigir obediência - isso é hegemonia, não aliança. A hegemonia promove o ressentimento e, finalmente, a rebelião.


terça-feira, 8 de maio de 2018

Donald Trump

O presidente Donald Trump anunciou que os Estados Unidos estão fora do acordo nuclear com o Irã.

"O acordo com o Irã é defeituoso", disse Trump ao fazer o anúncio. Ele disse que não era possível evitar uma bomba nuclear iraniana sob a "estrutura decadente e podre do atual acordo".

A decisão significa que os EUA começarão a restabelecer as sanções contra o regime iraniano, disse Trump. "Nós estaremos instituindo o mais alto nível de sanções econômicas", acrescentou.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Trump anuncia retirada dos EUA de acordo nuclear com o Irã

segunda-feira, 7 de maio de 2018

O presidente do Irã disse que o país está disposto a manter-se comprometido com o acordo nuclear, mesmo com a partida dos Estados Unidos.

O presidente do Irã disse que o país está disposto a manter-se comprometido com o acordo nuclear, mesmo com a partida dos EUA.

O Irã tem ameaçado intensificar suas atividades nucleares no caso de os EUA saírem, mas isso mostra que o Irã pode estar preparando uma melhor resposta à medida de Trump.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Trump ameaça deixar acordo

quinta-feira, 3 de maio de 2018

sábado, 21 de abril de 2018

terça-feira, 17 de abril de 2018

Donald Trump quer retirar as tropas dos EUA da Síria - e substituí-las por uma força militar conjunta dos países árabes vizinhos, segundo um relatório do Wall Street Journal.

Donald Trump quer retirar as tropas dos EUA da Síria - e substituí-las por uma força militar conjunta dos países árabes vizinhos, segundo um relatório do jornal Wall Street Journal.

O Wall Street Journal, citando autoridades anônimas, informou na segunda-feira que autoridades norte-americanas abordaram a Arábia Saudita, Catar, Egito e os Emirados Árabes Unidos sobre o envio de tropas e fundos para o estabelecimento da força regional.

domingo, 15 de abril de 2018