domingo, 17 de março de 2019

Marc Andreessen e sua fonte da Cambridge Analytica

Marc Andreessen

O jornal The Guardian afirma que Marc Andreessen, membro do conselho do Facebook, se encontrou com uma fonte da Cambridge Analytica dois anos antes do escândalo explodir. Segundo o jornal, Andreessen queria entender como a Cambridge Analytica estava usando os dados coletados ilegalmente do Facebook.

Andreessen, o cara com a cabeça no formato de um ovo, teria ficado em contato com essa fonte até a história explodir em 2018, de acordo com uma das fontes.

Marc Andreessen negou tudo em um comunicado ao Engadget, chamando a coisa toda de "categoricamente e totalmente falso". Ele disse que um colega sugeriu uma reunião com Wylie, a fonte, mas que a reunião nunca aconteceu.

E você pensou que Brian Acton iria se aposentar

Outra vez Brian Acton está fetichizando chumbo contra seu ex-empregador, o Facebook.

O cofundador do bilionário do WhatsApp, Brian Acton, defendeu sua decisão de vender sua empresa para o Facebook por 19 bilhões de dólares e incentivou estudantes a deletar suas contas da rede social. As informações são do BuzzFeed News.

Ok, Acton apenas não aceita que ele vendeu sua empresa por tão pouco!

Facebook está à procura de espiões na empresa

O Facebook nunca "detectou ou identificou" nenhum espião estrangeiro tentando se infiltrar na empresa, disse Nick Lovrien, diretor global de segurança do gigante de tecnologia, em entrevista ao Business Insider. Mas o Facebook se prepara ativamente para essa possibilidade e tem planos para tentar mitigar o risco que representaria, disse ele.

Todo mundo sabe que todo cuidado é pouco.

sábado, 16 de março de 2019

Analisando a partida de Chris Cox do Facebook

Então, por favor, vamos apenas estipular: Chris Cox está fora do Facebook. Os rumores de sua partida existem e não são bons.

Para recapitular, Cox ficou por 13 longos anos no Facebook. Engraçado, eu tive a impressão de que Mark Zuckerberg já estava preparado para sua partida.

Parece que Cox decidiu pular fora por causa de desentendimentos com Mark Zuckerberg e suas recentes mudanças introduzidas (centradas na privacidade).

Citando várias pessoas familiarizadas com o assunto, o The New York Times informou que Cox, que ajudou a criar o News Feed do Facebook, estava preocupado que o projeto de "mensagens unificadas" e várias outras mudanças não funcionassem. Cox discordou das mudanças de Zuckerberg e, finalmente, entregou sua renúncia no início desta semana.

O executivo do Facebook pareceu sugerir o desentendimento entre os dois em sua mensagem de despedida, que foi postada publicamente em sua página.

Claro, uma mudança como essa não é menos complicada do que pedir a conta!

quinta-feira, 14 de março de 2019

Chris Cox está deixando o Facebook

Depois de 13 anos, o chefe de produtos do Facebook, Chris Cox, está deixando a empresa, informou o CEO Mark Zuckerberg nesta quinta-feira (14).

“Chris e eu trabalhamos juntos para construir nossos produtos por mais de uma década e sempre aprecio sua profunda empatia pelas pessoas que usam nossos serviços e o espírito otimista que ele traz para tudo o que faz”, escreveu Zuckerberg.

quarta-feira, 13 de março de 2019

Zuckerberg diz que deveria ter aprendido com o WeChat

O WeChat é baseado em mensagens privadas. As contas no WeChat não são públicas (como uma praça). Isso significa que, diferentemente do Facebook, você não pode procurar o nome de alguém no WeChat para encontrar suas contas.

Uma referência que Zuckerberg usou recentemente.

O Facebook é mais como uma praça pública, o WeChat é como uma sala de estar.

terça-feira, 12 de março de 2019

O Facebook está censurando o conteúdo do site Zero Hedge

Ao tentar compartilhar ou simplesmente mencionar um artigo do site Zero Hedge, o Facebook diz que "o link vai contra os padrões da comunidade".

O Zero Hedge se disse surpreso com essa ação e que não foi contatado pelo Facebook, que está passando por tempos ruins, com uma explicação do que no “padrão comunitário” havia sido violado ou que artigo em particular desencadeou a censura.

É extremamente decepcionante ver até onde o Facebook chegou.

sábado, 9 de março de 2019

Zuckerberg é dilacerado por grupos de direitos humanos

O Facebook está construindo um data center em Singapura, um país com um histórico ruim de liberdade de expressão, de acordo com grupos de direitos humanos.

A Anistia Internacional e a Human Rights Watch invadiram a privacidade de Mark Zuckerberg, alegando que sua "retórica sobre o armazenamento seguro de dados está deixando para trás a conveniência de operar em Singapura".

sexta-feira, 8 de março de 2019

quinta-feira, 7 de março de 2019

quarta-feira, 6 de março de 2019

terça-feira, 5 de março de 2019

Facebook, seu número de telefone e a privacidade

Facebook permite que qualquer pessoa procure você usando seu número de telefone.

Esta é certamente a última coisa que você lerá hoje, mas além de ser um abuso de privacidade o Facebook permitir que qualquer pessoa procure você usando seu número de telefone, é também uma prática perniciosa em termos de práticas de segurança.
Estou cada dia mais triste com o Facebook, mas continuo otimista.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019