sábado, 29 de junho de 2019

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Trump parece ter perdoado a Huawei

Trump diz que empresas dos EUA podem continuar fazendo negócios com a Huawei.

Durante entrevista coletiva no G20, Donald Trump confirmou que as empresas dos EUA poderão voltar a fazer negócios com a Huawei.

Trump também mencionou na coletiva de imprensa que ele não estaria impondo tarifas adicionais aos produtos chineses. Anteriormente, ele havia ameaçado tarifar mais 325 bilhões de dólares.

O presidente americano pode eventualmente dizer o contrário, mas está claro que Xi Jinping acaba de mostrar ao mundo quem manda.

Libertar a besta pode ser extremamente perigoso.

COMPARTILHE:

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Primeiro dia de Bolsonaro no G20 virou em nióbio

O nióbio toma conta do primeiro dia de Bolsonaro no G20.

Em live realizado diretamente de Osaka, no Japão, onde está para a reunião do G-20, o presidente Bolsonaro destacou as possibilidades econômicas que poderiam surgir da exploração do nióbio.

VEJA TAMBÉM: Primeiro dia do G20

Aparentemente sóbrio, Bolsonaro falou sobre as qualidades positivas do minério — as maiores reservas do mundo estão no Brasil. "Ninguém tem reação alérgica a nióbio. Alguns têm a ouro. Às vezes a mãe põe um brinquinho na orelha da menina. E tem reação", disse ele.

Vamos ver o que ele vai vender amanhã no G20!

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Comércio e economia global consomem o primeiro dia do G20

Primeiro dia do G20 2019.
 
Em uma coletiva de imprensa após o primeiro dia da cúpula do G20, o porta-voz do governo japonês Takeshi Osuga disse que houve progresso às portas fechadas. Os líderes concordaram que as disputas comerciais representavam um risco para a economia global.

O presidente da China alertou sobre os perigos do protecionismo no comércio mundial - uma das táticas mais usadas por Trump - que ele disse estar pondo em perigo o sistema comercial global.

“Tudo isso está destruindo a ordem do comércio global…Isso também impacta os interesses comuns de nossos países, ofusca a paz e estabilidade no mundo todo”, disse Xi Jinping.

COMPARTILHE:

domingo, 9 de junho de 2019

sábado, 1 de dezembro de 2018

Xi oferece apoio ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita

O presidente da China, Xi Jinping, oferece apoio ao príncipe herdeiro saudita da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, que participa do G20.

Xi disse que a China apoiaria o desenvolvimento econômico do reino, acrescentando que a estabilidade é a base para a prosperidade e o progresso no Golfo, diz um comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores da China.

Xi é um bom líder.

COMPARTILHE:

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Mohammed bin Salman está indo muito bem no G20

CrownPrinceInG20

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, que participa da cúpula do G20 na Argentina, se reuniu com os líderes dos países participantes, incluindo o presidente francês Emmanuel Macron e o presidente russo Vladimir Putin, segundo um comunicado do Ministério das Relações Exteriores saudita.

COMPARTILHE:

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

terça-feira, 20 de novembro de 2018

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

terça-feira, 18 de julho de 2017

sábado, 8 de julho de 2017

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

G20: Rússia e EUA chegam a acordo de cessar-fogo no sudoeste da Síria

Putin e Trump devem anunciar trégua no sudoeste da Síria

Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e dos Estados Unidos, Donald Trump, teriam fechado um acordo de cessar-fogo na região sudoeste da Síria durante a reunião a portas fechadas às margens do G20, que está sendo realizado em Hamburgo, na Alemanha, nesta sexta-feira (7).

COMPARTILHE:

quinta-feira, 6 de julho de 2017

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Putin lança um sorriso de pena para Obama

Putin no G20

Barack Obama honestamente está com a aparência de derrota em seu rosto. Ele sabe que Vladimir Putin tem a mão superior no momento, o que explica esse sorriso de pena de Putin.

Essa é minha análise, levá-la para o seu coração com um grão de sal!

Manchetes sobre o assunto:

(Sputnik News) Cúpula do G20 é 'última chance de Obama' para chegar a acordo com Putin sobre Síria

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Mais olhares de morte entre Obama e Putin no G20

Putin vs Obama!

As pessoas que não podem segurar o contato visual são ensinadas a olharem para o queixo da outra pessoa. Parece quase como um contato visual, e a pessoa com o problema de ansiedade não olha diretamente nos olhos.

- Oi, Putin!
- Sabe, gosto demais da Rússia!
- Verdade? Mas se você gosta mesmo então me prove!
- Ótima ideia! Ah! E eu sei de alguém que pode me ajudar!
- Quem?
- Vai ser surpresa!!
- Que suspense! Fala logo Obama!!
- Nem começa a insistir! Não vou contar e pronto. Chega!
- Oh, credo! Mas será possível que você não pode confiar nesse velho urso!? 
- Não, não posso porque é surpresa e tem alguém espiando a gente. Eu vou fingir que estou nervoso e com medo de você!
- Oba! Então vamos lá! Até mais!
- Até!

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Obama e Putin trocam olhares de morte no G20


Obama parece sério e com raiva. Putin parece Putin.

O presidente russo, Vladimir Putin e o presidente dos EUA, Barack Obama trocam olhares de morte durante a cimeira do G20 em Hangzhou, China.

Após a reunião, Barack Obama revelou que os dois tinham conversado sobre como eles poderiam alcançar "uma séria interrupção significativa, e verificável das hostilidades na Síria" e sobre a Ucrânia, que a Rússia invadiu em 2014.

Não tenho certeza que Obama disse isso mesmo. 

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Ban Ki-moon pede ao G20 que ratifique acordo de Paris

Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pediu este domingo aos membros do G20 para ratificarem o acordo para combater as alterações climáticas alcançado na Cimeira do Clima de Paris (COP21), como fizeram no sábado os EUA e China.

“Insto a todos os líderes, particularmente os da cimeira do G20, a mostrarem a sua liderança, acelerando os seus processos de ratificação internos, para que possamos transformas as aspirações em ações transformadoras de que o mundo necessita urgentemente”, disse Ban Ki-moon em conferência de imprensa em Hangzhou.

Esta cidade acolhe a partir deste domingo a cimeira dos líderes do G20, na qual Ban participará pela última vez como secretário-geral da ONU antes de deixar o cargo no final do ano.

O dirigente das Nações Unidas recomendou aos presidentes das principais economias desenvolvidas e emergentes do planeta que formam o grupo dos 20 para aproveitarem o “impulso” dado pela ratificação do acordo pelos Estados Unidos e China, os dois maiores emissores de gases poluentes.

Os presidentes norte-americano e chinês, Barack Obama e Xi Jinping, oficializaram, no sábado, em Hangzhou, na presença do máximo responsável da ONU, o seu compromisso para com o acordo de Paris e com a luta contra o aquecimento global.

Graças a estes dois apoios, sublinhou Ban Ki-moon, o acordo da COP21 já foi ratificado por 26 dos quase 200 países que se comprometeram a cumpri-lo, e que representam 39  por cento das emissões mundiais de gases contaminantes, pelo que é preciso a ratificação de outros 29 países, que representam outros 16 por cento das emissões, para que entre em vigor.

Manchetes sobre o assunto:

(Terra Brasil) Ban Ki-moon pede ao G20 que siga os EUA e China e ratifique Acordo de Paris

(RTP) Ban Ki-moon pede ao G20 que siga exemplo dos EUA e China e ratifique acordo de Paris


COMPARTILHE: