terça-feira, 24 de setembro de 2019

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Bolsonaro defende o Brasil na ONU

Jair Bolsonaro, ONU

Em seu discurso de estreia na ONU, Jair Bolsonaro defendeu a soberania do país sobre a região amazônica e voltou a criticar o que chamou de sensacionalismo "instrumentalizado" para atacar o Brasil.

Entusiasmado, o líder supremo da República Federativa do Brasil disse: "Vim apresentar o novo Brasil que ressurge após estar à beira do socialismo".

COMPARTILHE:

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

ONU vira especialista em Bolsonaro

Discursos de Jair Bolsonaro sobre direitos humanos podem representar “um perigo” para certas parcelas da população no curto prazo e para “o país todo” no longo prazo, diz a ONU, que parece estar muito preocupada com Brasil.

Como a ONU consegue prever isso? Nunca saberemos!

COMPARTILHE:

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

domingo, 25 de fevereiro de 2018

sábado, 24 de fevereiro de 2018

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

A grave falha da ONU no Mianmar

O chefe da missão da ONU em Mianmar impediu que os direitos da minoria étnica muçulmana Rohingya fossem debatidos com o governo do país, acusam fontes das próprias Nações Unidas e da comunidade humanitária em declarações à BBC. Segundo as várias fontes, a ex-chefe da equipe da ONU para a antiga Birmânia, a canadiana Renata Lok-Dessallien, também tentou impedir que funcionários de ONGs visitassem áreas onde a minoria vive concentrada nos quatro anos que antecederam a atual crise.


COMPARTILHE:

terça-feira, 19 de setembro de 2017

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Pyongyang rejeita condenação da ONU

Pyongyang rejeita condenação da ONU

A Coreia do Norte rejeitou nesta quarta-feira, de maneira "total e categórica", a condenação da ONU contra o míssil de médio alcance disparado como teste no último domingo e lembrou que os Estados Unidos também realizaram recentemente um teste com mísseis intercontinentais sem ser alvo de críticas.


COMPARTILHE:

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Nações Unidas exigem o fim nuclear da Coreia

Conselho de Segurança da ONU condena teste com míssil norte-coreano

O Conselho de Segurança das Nações Unidas pediu o fim dos testes balísticos da Coreia do Norte e e pediu que sejam tomadas novas medidas, inclusive novas sanções.

O conselho disse que Pyongyang deve mostrar "compromisso sincero com a desnuclearização através de ações concretas".

COMPARTILHE:

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Enviado norte-coreano na ONU adverte para guerra nuclear

Os EUA vão perder se entrarem em uma guerra com a Coreia do Norte. Trump vai ser lembrado como o pior presidente de todos os tempos

Os EUA vão perder se entrarem em uma guerra com a Coreia do Norte. Trump vai ser lembrado como o pior presidente de todos os tempos.

Kim In Ryong, representante da Coreia do Norte para a ONU, desencadeou nesta segunda-feira, em uma conferência de imprensa da ONU, uma grande quantidade de alertas, cenários de guerra e retórica dirigida aos Estados Unidos.

O evento de imprensa aconteceu horas depois de o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, visitar a zona desmilitarizada entre a Coreia do Norte e Sul.

O vice-embaixador, ao ler uma declaração, disse aos repórteres: "Os EUA estão perturbando a paz e as estabilidades globais, insistindo na lógica gangsterista de que a invasão de um Estado soberano é "decisiva, justa e proporcional" e contribui para 'defender' a ordem internacional em sua tentativa de aplicá-la também à Península Coreana".

COMPARTILHE:

sábado, 31 de dezembro de 2016

Sarah Palin aconselha Trump a deixar a ONU

A ex-governadora republicana do Alasca, Sarah Palin, está pedindo ao presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, que retire Washington das Nações Unidas.

Sendo impopular entre os conservadores americanos, a ONU foi alvo de israelenses e defensores do regime judeu, incluindo o próprio presidente eleito, sobre uma resolução contra os assentamentos israelenses.

A administração do presidente dos EUA, Barack Obama, foi um fervoroso defensor da chamada solução de dois Estados, mas sem sucesso, Tel Aviv manteve-se com suas políticas agressivas e expansivas na Palestina.

COMPARTILHE:

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Embargo de armas contra o Sudão do Sul falhou

O embargo de armas contra o Sudão do Sul não conseguiu avançar no Conselho de Segurança da ONU, dando um golpe nos esforços para deter os combates na jovem nação

O embargo de armas contra o Sudão do Sul não conseguiu avançar no Conselho de Segurança da ONU, dando um golpe nos esforços para deter os combates na jovem nação.

A resolução, que também incluiu sanções direcionadas, caiu dois votos abaixo dos nove necessários para o órgão adotar tais medidas.

A violência étnica e os confrontos mataram dezenas de milhares de pessoas no Sudão do Sul e forçaram milhões a fugirem de suas casas.


COMPARTILHE:

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Sudão do Sul está "à beira" do genocídio

Sudão do Sul está "à beira" de um genocídio comparável ao que aconteceu em Ruanda, alertou a ONU, pedindo que a comunidade internacional evite que tal catástrofe ocorra

Sudão do Sul está "à beira" de um genocídio comparável ao que aconteceu em Ruanda, alertou a ONU, pedindo que a comunidade internacional evite que tal catástrofe ocorra.

“Já está em curso um processo firme de limpeza étnica em várias áreas do Sudão do Sul, através da fome, violações em grupo e o incêndio de aldeias”, disse a chefe da comissão Yasmin Sooka. Os observadores temem uma repetição do que aconteceu durante a guerra civil no Ruanda, quando, durante poucos meses em 1994, centenas de milhares de tutsis foram mortos por membros da etnia hutu.

O Presidente, Salva Kiir, nega que o Exército tenha participado de ações de limpeza étnica e o Governo garante que os soldados apenas combatem os rebeldes. Porém, de acordo com relatos de refugiados, tanto rebeldes como o Exército têm perseguido civis. 


COMPARTILHE:

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

ONU adverte sobre iminente ameaça de "genocídio" no Sudão do Sul

Um especialista das Nações Unidas alertou que a guerra civil do Sudão do Sul poderia acabar em "genocídio".

Um especialista das Nações Unidas alertou que a guerra civil do Sudão do Sul poderia acabar em "genocídio".

Há um "forte risco na escalada de violência ao longo de linhas étnicas com o potencial de genocídio", Adama Dieng, o Assessor Especial da ONU sobre a Prevenção do Genocídio, disse na sexta-feira.

Dieng, que falava numa conferência de imprensa na capital Juba, citou exemplos recentes de estupro etnicamente alvejados, civis sendo mortos com facões e aldeias sendo queimadas.

Sudão do Sul foi inundado com armas, o país está repleto de militares indisciplinados, e passa por uma crise humanitária e econômica sem fim.

"O genocídio é um processo", disse Dieng. Para parar o processo, Dieng propôs uma estratégia de reconciliação e de diálogo entre os dois grupos etnicamente divididos no sul do Sudão.

Sudão do Sul caiu no caos quando o presidente Salva Kiir da tribo Dinka em dezembro de 2013 acusou o antigo vice-presidente, Riek Machar, da tribo Nuer, de tramar um golpe.

Inúmeras tentativas internacionais mediadas para a resolução da disputa falharam.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Violência no Sudão do Sul pode derivar em genocídio, diz ONU

COMPARTILHE:

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Funcionário judeu secretamente visita Dubai

Uma delegação de alto escalão do regime israelense secretamente viajou para os Emirados Árabes Unidos (EAU), mesmo com o governo dos Emirados não tendo qualquer relação diplomática com Tel Aviv

Uma delegação de alto escalão do regime israelense secretamente viajou para os Emirados Árabes Unidos (EAU), mesmo com o governo dos Emirados não tendo qualquer relação diplomática com Tel Aviv.

Danny Danon, o embaixador do regime israelense nas Nações Unidas (ONU), fez uma visita secreta de três dias, juntamente com sua equipe para Dubai para participar de uma conferência de desenvolvimento organizada pela ONU, informou a estação de televisão Israel Canal 2 na quinta-feira.

A conferência das Nações Unidas foi realizada em Dubai em de 30 outubro - 3 novembro.

O relatório disse que a visita de Danon à UAE foi realizado "sob sigilo pesado e forte esquema de segurança, de modo a não despertar a ira dos cidadãos dos EAU."

O governo dos Emirados não reconhece oficialmente o regime de Israel, o que significaria que os israelenses não podem obter passaportes viajar para lá. No entanto, as autoridades dos Emirados forneceram supostamente vistos especiais para Danon e sua equipe para permitir a sua viagem, informou o canal judeu.

Exceto Jordânia e Egito, que têm, as relações diplomáticas abertas com o regime de Tel Aviv, os governos árabes afirmam que eles não reconhecem Israel. Eles dizem que iriam normalizar as relações com o regime de Tel Aviv somente quando ele fizesse um acordo com os palestinos, cujas terras o regime israelense tem ocupado e saqueado.

No entanto, tem havido inúmeros relatórios e declarações públicas que indicam relações secretas entre os governos árabes e Israel.

COMPARTILHE:

sábado, 29 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Produção de ópio no Afeganistão sobe 43 por cento

A produção de ópio no Afeganistão sobe 43 por cento de acordo com um novo relatório encomendado pela Organização das Nações Unidas

A produção de ópio no Afeganistão sobe 43 por cento de acordo com um novo relatório encomendado pela Organização das Nações Unidas.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) afirmou no relatório que o local utilizado para cultivar a planta de papoula, a fonte de ópio, subiu de 10 por cento para 201.000 hectares. Mais de 4.800 toneladas de ópio foi produzido em 2016, em comparação com 3.300 toneladas da droga no ano passado. Medidas de erradicação, por outro lado, caíram 91 por cento.

Funcionários da ONU citaram melhores condições de cultivo, clima favorável, aumentando a insegurança e uma queda no apoio internacional dos doadores como as razões para o aumento no cultivo, impulsionado por um maior rendimento por hectare.

O relatório da ONU afirma que o rendimento médio por hectare atingiu 23,8 quilogramas por hectare, 30 por cento a mais que em 2015.

O Afeganistão é o maior cultivador de ópio responsável por 80 por cento da produção mundial. 

COMPARTILHE:

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

ONU: ISIS 'executa' 232 pessoas perto de Mosul

ISIS "executou" 232 pessoas perto da cidade iraquiana de Mosul e levou dezenas de milhares de pessoas como escudos humanos, segundo a ONU

ISIS "executou" 232 pessoas perto da cidade iraquiana de Mosul e levou dezenas de milhares de pessoas como escudos humanos, segundo a ONU.

O grupo terrorista cometeu vários assassinatos em massa na quarta-feira, punindo as pessoas que haviam desafiado as suas ordens, uma porta-voz dos direitos humanos da ONU disse à CNN.

Mais 24 ex-oficiais das forças de segurança iraquianas foram mortos na terça-feira, disse o escritório.


COMPARTILHE:

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

ONU passou a defender corruptos

ONU passou a defender envolvidos em corrupção, mas os brasileiros não gostaram nada disso. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um dos defendidos

ONU passou a defender envolvidos em corrupção, mas os brasileiros não gostaram nada disso. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um dos defendidos.

Segundo a porta-voz do órgão, a petição foi "transmitida ao Brasil que terá "dois meses para apresentar observações" sobre o caso.

ONU e sua defesa ao senhor da corrupção.


COMPARTILHE: