quinta-feira, 23 de maio de 2019

segunda-feira, 20 de maio de 2019

sexta-feira, 12 de abril de 2019

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Prisão de Assange é um alerta para o futuro

Os jornalistas podem não concordar muito com o fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, mas sua prisão deixou muitos defensores da liberdade de imprensa preocupados. Como relatou o Columbia Journalism Review:

"No futuro, os jornalistas precisarão estar vigilantes. O caso de Julian Assange é específico, mas sua prisão pode ter sérias implicações para todos nós."

COMPARTILHE:

sexta-feira, 27 de julho de 2018

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Suécia arquiva investigação contra Julian Assange

A Justiça da Suécia anunciou nesta sexta-feira que encerrou a investigação sobre o fundador do Wikileaks, Julian Assange

A Justiça da Suécia anunciou nesta sexta-feira que encerrou a investigação sobre o fundador do Wikileaks, Julian Assange, por acusação de estupro. O jornalista australiano está refugiado há 5 anos na Embaixada do Equador em Londres, para evitar ser extraditado ao país nórdico e, desde ali, aos Estados Unidos, onde pode ser acusado pelos vazamentos de seu site.


COMPARTILHE:

sábado, 11 de março de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

A CIA quer saber quem é o culpado

A CIA realmente gostaria de saber como seus documentos acabaram no Wikileaks

A CIA realmente gostaria de saber como seus documentos acabaram no Wikileaks.

Os 8.761 documentos, que até agora parecem ser legítimos, revelam uma série alarmante de técnicas sujas da CIA.

O material também retrata a rivalidade burocrática da CIA com a NSA. Cansada de confiar na NSA, a CIA construiu sua própria unidade de hackers, que os documentos alegam ter se tornado muito poderosa.

A CIA está tentando descobrir se o Wikileaks tem mais informações, e o Wikileaks insiste que sim. Em um comunicado de imprensa anunciando o despejo dos documentos na terça-feira, Wikileaks disse que isso era apenas uma parte do que seria o maior despejo de documentos sobre a CIA na história da agência.

COMPARTILHE:

terça-feira, 7 de março de 2017

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

WikiLeaks publica 'a capacidade de pirataria da CIA'


Eu não acho que as pessoas entendam os efeitos da versão Vault7, é muito mais do que apenas CIA, backdoors e hacking.

A CIA desenvolveu programas maliciosos para invadir, controlar e roubar dados de forma remota de qualquer aparelho 'smart'.

A CIA possuía aplicativos específicos para o Android, e incluíam pelo menos 24 tipos diferentes de vírus para invadir celulares Androids.

A CIA também desenvolveu vírus diversos para invasão e controle de sistemas Windows e Linux.

O risco de proliferação desses vírus eram altíssimos, a CIA possivelmente perdeu o controle dessas ferramentas.

Os hackers da CIA que operavam na Europa agiam no consulado americano de Frankfurt (Alemanha) para hackear a Europa inteira.

São 7818 arquivos de documentos e pelo menos 943 arquivos e anexos.

Vault7 cobre o período de 2013 a 2016.

A CIA perdeu o controle de suas armas cibernéticas, o que significa que qualquer pessoa com os códigos tem as capacidades da CIA.
"A única coisa que devemos temer é o próprio medo". - Um cara que não tinha problemas com a CIA
MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: WikiLeaks publishes 'entire hacking capacity of the CIA'

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

WikiLeaks revela documentos secretos da CIA

WikiLeaks alega que a CIA "perdeu o controle" do seu "arsenal de espionagem informática"

WikiLeaks alega que a CIA "perdeu o controle" do seu "arsenal de espionagem informática".

O site afirma se tratar do maior vazamento da história da CIA, pois a agência de inteligência “recentemente perdeu o controle da maioria do seu arsenal de hackeamento, incluindo softwares, vírus maliciosos, troyans, sistemas de controle remoto e documentação associada”, segundo o WikiLeaks. “O arquivo parece ter estado circulando de forma não autorizada entre ex-hackers e prestadores de serviços do Governo, um dos quais ofereceu fragmentos ao WikiLeaks”, acrescenta o site em um comunicado.


COMPARTILHE:

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Wikileaks publica documentos da Embaixada dos EUA no Iêmen

Os arquivos Iêmen são uma coleção de mais de 500 documentos da embaixada dos Estados Unidos em Sanaa, Iêmen

Os arquivos Iêmen são uma coleção de mais de 500 documentos da embaixada dos Estados Unidos em Sanaa, Iêmen. Composta por mais de 200 e-mails e 300 PDFs, detalhando a recolha de documentos e correspondência oficiais pertencentes ao Instituto de Cooperação Militar (MAC), localizado na embaixada dos EUA. A coleção abrange o período de 2009 até pouco antes da guerra no Iêmen ter eclodido em 2015. Desta vez, abrange tanto o termo Hillary Clinton como secretária de Estado (2009-2013) e os dois primeiros anos de Secretário John Kerry.

O Iêmen é de interesse estratégico significativo, o país controla um ponto estreito para o Mar Vermelho e o Canal de Suez. Além disso Iêmen faz fronteira com a Arábia Saudita (ao norte) e Omã (a leste) e tem acesso ao Mar Arábico através do qual 20 por cento do petróleo do mundo passa (incluindo o petróleo da Arábia Saudita e do Irã). 

Os documentos revelam, entre outras coisas, a aquisição de diversos tipos de armas: aviões, navios e veículos, as propostas de controle nas fronteiras marítimas e a aquisição iemenita de sistemas biométricos norte-americanos.

A presença dos EUA permaneceu no país até fevereiro de 2015, quando os EUA fecharam sua embaixada devido à agitação contínua entre as diferentes facções no país. A guerra eclodiu um mês depois.

COMPARTILHE:

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

CNN corta seus laços com Donna Brazile

A CNN cortou seus laços com a contribuinte Donna Brazile seguindo as recentes revelações do WikiLeaks

A CNN cortou seus laços com a contribuinte Donna Brazile seguindo as recentes revelações do WikiLeaks.

A organização disse que estava "completamente desconfortável" com o que tinha apurado sobre "suas interações com a campanha de Clinton, enquanto ela era uma colaboradora da CNN."

"Em 14 de outubro, a CNN aceitou a renúncia de Donna Brazile como uma colaboradora da CNN. (Seu negócio já tinha sido suspenso em julho, quando ela se tornou a chefe interina do DNC)," a porta-voz Lauren Pratapas da CNN disse em um comunicado.

Brazile twittou em referência à notícia de segunda-feira, agradecendo a rede e dizendo que ela teve a honra de ter sido uma comentarista.

COMPARTILHE:

domingo, 23 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Diretor do WikiLeaks é encontrado morto

O diretor e fundador do Centro de Jornalismo Investigativo WikiLeaks, Gavin MacFadyen morreu aos 76 anos

O diretor e fundador do Centro de Jornalismo Investigativo WikiLeaks, Gavin MacFadyen morreu aos 76 anos.

A causa da morte ainda é desconhecida.

MacFadyen era um jornalista de investigação pioneiro e cineasta. Em 2003, fundou o Centro de Jornalismo Investigativo (CIJ), uma organização que ajudou a quebrar várias histórias principais e treinou uma série de proeminentes jornalistas.

COMPARTILHE:

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Assange multiplica revelações embaraçosas sobre Hillary Clinton

A organização de Julian Assange multiplica as revelações embaraçosas sobre a candidato democrata, Hillary Clinton

A organização de Julian Assange multiplica as revelações embaraçosas sobre a candidato democrata, Hillary Clinton.

Julian Assange, prometeu: A cada semana, ele iria publicar novas revelações sobre a campanha de Hillary, até o dia 8 de novembro, a data da votação. A última revelação mostra a candidata democrata mencionando o apoio "logístico e financeiro" do Qatar e da Arábia Saudita ao Estado Islâmico (EI).

(https://wikileaks.org/podesta-emails/)


COMPARTILHE:

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Internet de Julian Assange foi intencionalmente cortada

A conexão à Internet do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi cortada nesta segunda-feira (17), na embaixada do Equador em Londres, onde ele está refugiado há quatro anos

A conexão à Internet do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi cortada nesta segunda-feira (17), na embaixada do Equador em Londres, onde ele está refugiado há quatro anos. A rede da embaixada foi atacado por um ente estatal ainda não identificado. "A conexão de Assange foi cortada intencionalmente por um sujeito estatal. Ativamos planos alternativos", informou o WikiLeaks no Twitter. 

No início de outubro, Assange anunciou que o WikiLeaks iria publicar semanalmente relatórios secretos que poderiam atingir os candidatos à Presidência dos Estados Unidos, como a democrata Hillary Clinton. Assange já divulgou uma série de documentos diplomáticos americanos, como alguns sobre Guerra no Iraque, que provocaram embaraços no governo dos EUA e em seus aliados.

A contingência do WikiLeaks é liberar tudo o que eles têm, dependendo da gravidade da infração cometida contra um membro do WikiLeaks.

COMPARTILHE:

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

WikiLeaks divulga discursos de Hillary para Goldman Sachs

Três dos discursos remunerados que Hillary Clinton fez para o banco Goldman Sachs foram divulgados pelo site WikiLeaks

Três dos discursos remunerados que Hillary Clinton fez para o banco Goldman Sachs foram divulgados pelo site WikiLeaks, pondo em evidência os vínculos nada elegantes entre o Partido Democrata e um dos principais atores de Wall Street bem na reta final da disputa pela Casa Branca.

A campanha de Hillary não questionou a autenticidade das notas divulgadas, que fazem parte de uma enorme quantidade de documentos hackeados pelo WikiLeaks do chefe de campanha da ex-secretária de Estado, John Podesta.

A equipe de Hillary culpou o governo russo pelo pirataria, uma opinião compartilhada pelo governo americano, e acusou o site que há anos divulga documentos oficiais de tentar ajudar o adversário republicano de Clinton, Donald Trump.


COMPARTILHE:

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Hillary Clinton: Arábia Saudita e Qatar estão financiando o ISIS

Clinton enviou o e-mail em 17 de agosto de 2014 para Podesta. Era um plano de oito pontos para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria

Hillary Clinton enviou um e-mail para o seu presidente de campanha John Podesta, em 2014, que era então conselheiro de Barack Obama, que disse que a Arábia Saudita e Qatar estão ambos dando apoio logístico e financeiro para o Estado Islâmico e outros grupos sunitas extremistas, de acordo com um recente lançamento do Wikileaks.

Clinton enviou o e-mail em 17 de agosto de 2014 para Podesta. Era um plano de oito pontos para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria. O e-mail de Clinton disse que os Estados Unidos deveriam apoiar as forças curdas no chão e evitar o uso de uma operação terrestre convencional.

"Embora a operação esteja avançando, precisamos usar nossos recursos de inteligência e diplomáticas mais tradicionais para fazer pressão sobre os governos do Qatar e da Arábia Saudita, que estão proporcionando apoio financeiro e logístico clandestino para o ISIS e outros grupos sunitas radicais da região", Clinton escreveu.

A ex-secretário de Estado acrescentou: "Este esforço será reforçado pelo compromisso intensificado pelo [governo regional curdo]. O Catar e os sauditas serão colocados em uma posição de equilíbrio político entre a sua concorrência em curso para dominar o mundo sunita e as consequências da grave pressão dos Estados Unidos".

Qatar tem doado entre 1 milhão e 5 milhões de dólares para a Fundação Clinton e a Arábia Saudita já doou 25 milhões para a Fundação.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: E-mail de Hillary para John Podesta

COMPARTILHE:

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Wikileaks vai liberar "informações prejudiciais" sobre Hillary amanhã

Wikileaks vai liberar informações sobre Hillary amanhã

Julian Assange vai liberar informações sobre Hillary Clinton amanhã, isso depois do cancelamento surpresa a partir da varanda da embaixada.

Assange cancelou uma aparição planejada para marcar o 10º aniversário da sua organização a partir da varanda da embaixada equatoriana em Londres por temores de segurança na segunda-feira.

Ele havia planejado dar uma palestra - em meio a alegações de que ele estava prestes a liberar informações prejudiciais sobre Hillary Clinton, que alguns afirmaram poder ser uma "surpresa de outubro", que iria balançar a eleição presidencial norte-americana.

No entanto, Assange, que é procurado pelas autoridades americanas, fará um anúncio em vídeo para um evento em Berlim na terça-feira de manhã.

Na segunda-feira à tarde, WikiLeaks disse no Twitter que o discurso de Assange em Londres tinha sido transferido para Berlim, mas não deu mais detalhes.

O que será que é!?

COMPARTILHE:

domingo, 2 de outubro de 2016

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Informações importantes sobre WikiLeaks e Hillary

WikiLeaks e Hillary Clinton

Isso é ruim.

WikiLeaks cancela anúncio aguardado para terça-feira devido a "preocupações de segurança".

Wikileaks cancelou abruptamente um anúncio muito aguardado na terça-feira, de acordo com a NBC News. O anúncio era esperado por conta do lançamento de documentos há muito prometido pelo fundador Julian Assange sobre Hillary Clinton.

O anúncio que estava por vir a partir da varanda da Embaixada do Equador em Londres, onde Assange tem estado sob asilo por anos - foi cancelado devido a "questões de segurança".

Julian Assange apareceu na Fox News no mês passado, repetindo sua afirmação de que o Wikileaks tem documentos prejudiciais sobre Hillary Clinton e sugeriu que WikiLeaks poderia em breve lançar "teasers". Mais de três semanas depois, esse lançamento ainda não ocorreu.

Assange é muito astuto. Agora estamos a falar de ameaças à sua vida feitas pela máquina Clinton.

Por favor, não espere até o último minuto! Se ele realmente tem informações, os americanos deveriam ver o que é para que eles possam tomar uma decisão informada no dia 8 de novembro, quando eles forem às urnas para votar!

COMPARTILHE: